Contabilidade

Receita Financeira: o que é e qual a sua importância para as empresas

3min de leitura

Saulo Pereira

Saulo Pereira

Redator

Receita Financeira: o que é e qual a sua importância para as empresas

A Receita Financeira é um termo que você encontrará frequentemente no mundo da contabilidade e das finanças. Ela se refere a todos os ganhos que uma empresa obtém a partir de suas atividades financeiras, como juros, descontos obtidos, entre outros.

Agora, você pode estar se perguntando: por que isso é importante? Bem, para as empresas, entender a Receita Financeira é crucial para o planejamento tributário. Isso porque é necessário distinguir os diferentes tipos de receitas para entender o que será tributado.

Além disso, a Receita Financeira também é importante para os investidores. Ela pode dar uma visão mais clara da saúde financeira de uma empresa, ajudando a decidir se vale a pena investir nela ou não.

Então, vamos mergulhar um pouco mais fundo e entender o que é a Receita Financeira e por que ela é tão importante para as empresas.

O que é Receita Financeira?

A Receita Financeira é um termo que você encontrará frequentemente no mundo da contabilidade e das finanças. Ela se refere a todos os ganhos que uma empresa obtém a partir de suas atividades financeiras.

Isso inclui juros recebidos, descontos obtidos, rendimentos de aplicações financeiras de renda fixa, receitas de títulos vinculados ao mercado aberto, receitas sobre qualquer outro investimento temporário, prêmios sobre resgate de títulos e debêntures, variações monetárias em função de taxa de câmbio ou de índices aplicáveis, entre outros.

Agora, você pode estar se perguntando: "Mas o que isso significa na prática?" Bem, vamos usar um exemplo para tornar isso mais claro. Digamos que você tenha uma empresa e decida investir parte do seu dinheiro em um fundo de investimento. O dinheiro que você ganha com esse investimento, seja através de juros ou de aumento do valor do fundo, é considerado Receita Financeira.

Mas não é só isso! A Receita Financeira também inclui o dinheiro que você ganha com descontos. Por exemplo, se você comprar um produto por um preço mais baixo do que o normal porque conseguiu um desconto, a diferença entre o preço normal e o preço com desconto é considerada Receita Financeira.

Então, em resumo, a Receita Financeira é todo o dinheiro que uma empresa ganha a partir de suas atividades financeiras. Ela é uma parte importante da saúde financeira de uma empresa e é crucial para o planejamento tributário.

Quais os tipos de receita financeira?

A Receita Financeira pode vir de várias fontes e, por isso, é dividida em diferentes tipos. Vamos dar uma olhada em alguns dos principais tipos de Receita Financeira:

  1. Juros: Este é provavelmente o tipo mais comum de Receita Financeira. Se uma empresa empresta dinheiro a outra pessoa ou empresa e cobra juros sobre esse empréstimo, esses juros são considerados Receita Financeira.
  2. Descontos recebidos: Se uma empresa compra um produto ou serviço por um preço mais baixo do que o normal porque conseguiu um desconto, a diferença entre o preço normal e o preço com desconto é considerada Receita Financeira.
  3. Rendimentos de aplicações financeiras de renda fixa: Se uma empresa investe dinheiro em uma aplicação financeira de renda fixa, como um CDB ou uma LCI, os rendimentos dessas aplicações são considerados Receita Financeira.
  4. Receitas de títulos vinculados ao mercado aberto: Se uma empresa compra títulos que são negociados no mercado aberto e esses títulos valorizam, a diferença entre o preço de compra e o preço de venda é considerada Receita Financeira.
  5. Receitas sobre qualquer outro investimento temporário: Se uma empresa faz um investimento temporário, como a compra de ações de outra empresa, e depois vende essas ações por um preço mais alto, a diferença entre o preço de compra e o preço de venda é considerada Receita Financeira.
  6. Prêmios sobre resgate de títulos e debêntures: Se uma empresa resgata títulos ou debêntures e recebe um prêmio por isso, esse prêmio é considerado Receita Financeira.
  7. Atualizações monetárias: Se uma empresa tem dinheiro em uma conta que é atualizada monetariamente, como uma conta poupança, a atualização monetária é considerada Receita Financeira.

Quais receitas financeiras são tributáveis?

Agora que já entendemos o que é a Receita Financeira e quais são seus tipos, vamos falar sobre um assunto que é muito importante para qualquer empresa: a tributação. Afinal, quais receitas financeiras são tributáveis?

A resposta é: a maioria delas. Isso mesmo, a maioria das Receitas Financeiras são tributáveis. Isso significa que a empresa precisa pagar impostos sobre essas receitas. Os impostos que incidem sobre a Receita Financeira incluem o Imposto de Renda (IR), a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS).

No entanto, a forma como esses impostos são calculados e o valor que deve ser pago pode variar dependendo do tipo de Receita Financeira e do regime tributário da empresa.

Por exemplo, para as empresas optantes do Lucro Real, as receitas financeiras estão sujeitas às contribuições do PIS e do COFINS, sendo as alíquotas de 0,65% e 4%, respectivamente. Já as empresas optantes pelo Lucro Presumido ou Arbitrado não estão sujeitas à incidência do PIS e do COFINS sobre as receitas financeiras.

Além disso, é importante ressaltar que algumas Receitas Financeiras são isentas de tributação. Por exemplo, as receitas de variações cambiais ativas têm tributação com alíquota zero. E as empresas optantes pelo Simples Nacional não estão sujeitas a tributação sobre as receitas financeiras, exceto o IRPJ já retido nas aplicações financeiras.

Portanto, é crucial que as empresas tenham um bom planejamento tributário para entender quais Receitas Financeiras são tributáveis e como calcular os impostos devidos. Isso pode ajudar a evitar problemas com a Receita Federal e a garantir que a empresa esteja em dia com suas obrigações fiscais.

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender melhor o que é a Receita Financeira, quais são seus tipos e como ela é tributada.

Artigos que você pode se interessar

VAROS 2024

Todos os direitos reservados