Demonstrações Financeiras

O Formulário de Referência e os Fatores de Risco

9min de leitura

Misael Guedes

Misael Guedes

Redação

No dia 24, o portal Brazil Journal publicou um artigo chamando a atenção para um fato ocorrido com outros portais, que em suas matérias informavam que a Cosan estaria com um possível problema de endividamento.

As matérias de dois desses portais tinham os seguintes títulos:

“Cosan/20F: Nível de endividamento pode afetar finanças e impedir cumprimento de obrigações”

e

“Cosan alerta sobre dificuldades em cumprir obrigações financeiras”

Mas o que de fato está acontecendo com a Cosan? E do que se trata esse formulário 20-F?

Formulário de Referência

Bom, podemos começar falando sobre o Formulário de Referência, que a base da confusão.

Todas as empresas de capital aberto devem possuir o Formulário de Referência, que é um formulário com diversas informações da empresa.

Pra ser sincero, quase tudo o que você quiser saber sobre uma empresa está no Formulário de Referência.

Como você deve imaginar, o FRE costuma ser um documento extenso e sem aqueles slides e imagens bonitas dos releases, por isso acaba sendo esquecido pela maioria dos investidores, mas na verdade é o documento mais importante na hora de estudar sobre uma empresa.

Dentro do FRE você encontra informações como:

  • Informações sobre os responsáveis da empresa
  • Identificação e remuneração dos auditores independentes da empresa
  • Informações financeiras, os eventos que acontecerem após as últimas demonstrações financeiras da empresa.
    • Como a empresa usa os resultados dela.
    • A política de distribuição de dividendos e da retenção de parte do lucro
    • O nível de endividamento (olha aqui ó)
    • As obrigações dela e outras informações financeiras relevantes.
  • Os fatores de risco da empresa, detalhados.
    • Riscos de mercado
    • Processos Judiciais ou de outras esferas.
    • Qualquer outra informação que seja relevante no sentido de riscos da empresa.
  • Gerenciamento dos Riscos e os Controles Internos da empresa
  • Histórico da empresa (história, abertura de capital, informações de recuperações ou coisas relacionadas)
  • As atividades da empresa
  • Ativos da empresa detalhados
  • Comentários dos diretores da empresa
  • Projeções e premissas que a diretoria leva em consideração em suas atividades
  • Informações administrativas, como remuneração dos diretores e conselheiros da empresa, composição dos comitês, conflitos de interesses (relação conjugal, etc) e todas as informações referentes aos administradores e conselheiros da empresa.
  • A parte de recursos humanos, informações sobre quadro de funcionários e descrição da política de remuneração dos colaboradores, e coisas relacionadas.
  • Informações sobre o controle acionário da empresa e acionistas relevantes
  • As transações entre partes relacionadas
  • Informações sobre o capital social da empresa, como aumento de capital, desdobramentos de ações e outras informações desse tipo
  • Informações sobres as ações da empresa e regras sobre direitos dos acionistas e outras informações sobre isso.
  • Planos de recompra de ações e outras informações referentes a tesouraria da empresa.

Grande né? Pois é, o FRE é onde você encontra todas as informações relevantes da empresa. Cada empresa tem suas informações e algumas coisas podem mudar mas no geral todas essas informações podem ser encontradas nele (recomendo usar a pesquisa no ctrl + F).

Endividamento da Cosan

Você deve ter percebido que na lista, destacamos a parte onde se fala sobre o nível de endividamento da empresa.

Então vamos lá dar uma olhada nele no FRE da Cosan.

Olha só, nesse caso podemos ver que a Cosan tinha um índice de endividamento baixo, na casa dos 2,1x. Lembrando que esse dado é referente ao FRE de 2022, que compreende o período até 31/12/2021, final do exercício social do relatório. O FRE é divulgado pelas empresas uma vez por ano e se baseia no exercício social do ano anterior, ou seja, ele pega todas as informações de 2021 e faz o compilado de todas as informações necessárias e solta em 2022.

Outra forma de encontrar os dados de endividamento é através da divulgação de resultados trimestrais da empresa.

No caso dos resultados trimestrais, já temos uma visão mais recente de como está a empresa.

Se procurarmos por alavancagem financeira (ela indica quantas vezes a empresa utiliza operações de crédito ou dívida para alavancar seus lucros. Ela é medida pela seguinte fórmula: Dívida Líquida/EBITDA nos últimos 12 meses) no resultado do 4º tri da Cosan (o último divulgado) vamos encontrar a seguinte informação valor de 2,2x, esse é o valor mais recente que temos. Também é possível ver o 2,1x de 2021 que vimos no FRE ali no quadro.

Esse valor não é tão alto assim principalmente considerando o modelo de negócios da Cosan.

O causou a confusão?

Mas porque então ocorreu aquela confusão toda com as manchetes dizendo que a Cosan tava ruim das pernas?

Não sei se percebeu, mas logo depois do nível de endividamento mencionamos também que a empresa coloca todos os fatores de risco do negócio. Vamos dar uma olhada no que os da Cosan dizem:

Não dá pra listar todos os fatores de risco que a Cosan tem aqui porque são muitos, mas como você pode ver, essa parte do FRE lista todos os fatores que podem influenciar a sua decisão de investimento na empresa.

Isso quer dizer que tudo o que tá ali vai acontecer ou está acontecendo? De forma alguma.

A empresa está apenas te falando: “Ó cidadão, nós temos o nosso negócio aqui, mas ele não é imune à tudo, vou te passar a lista do que pode ter algum efeito na nossa empresa.”

Vou te dar um exemplo claro e fácil de entender porque isso precisa ser deixado claro.

Nessa mesma página, a Cosan traz como risco relevante a guerra entre a Rússia e a Ucrânia e os efeitos que esse evento global pode ter sobre a economia global e brasileira.

E realmente a guerra entre os dois países citados influenciou muita coisa na economia global e no mercado financeiro como um todo.

E porque as empresas colocam todas essas informações no formulário de referência?

Os advogados da empresa sempre listam todos os riscos referentes ao negócio como uma forma de proteger a empresa de possíveis processos e indagações por parte dos investidores, sejam eles individuais ou grandes fundos.

E os riscos listados não são somente da empresa em si, mas de todas as controladas, ou seja, as empresas que estão sob sua estrutura organizacional.

Se algo de ruim acontecer com a empresa, todos aqueles fatores blindam a empresa de qualquer responsabilidade futura, eles estavam todos ali. Como o Brazil Journal bem mencionou, chamamos de liability, ou responsabilidade direta sobre o ocorrido.

Todas as empresas colocam esses riscos, e no geral, todos são bem parecidos, algumas alterações por conta da individualidade de cada empresa vão ocorrer mas se você pega uns três FREs e observa essa parte dos fatores de risco provavelmente vai encontrar quase os mesmo riscos, principalmente se forem empresas do mesmo setor.

Um exemplo de algo que foi adicionado aos Fatores de Risco de outra empresa, do BTG mais especificamente, foi o risco de imagem que o banco pode sofrer em caso de exposição de algum diretor ou conselheiro da empresa em situação ruim, que pode causar alguma influência e impacto negativo no resultado da empresa, após o caso Esteves alguns anos atrás, quando foi detido.

Se você olhar o FRE do último ano vai encontrar esse risco lá, inclusive é um dos primeiros após os fatores globais como a pandemia do COVID e a guerra da Rússia com a Ucrânia.

E o formulário 20-F da Cosan, do que se trata?

O Formulário 20F é um FRE apresentado anualmente por todas as empresas estrangeiras com ações negociadas nas bolsas de valores dos Estados Unidos.

Esse documento é enviado à SEC, que é a CVM de lá. Sem o envio desse formulário, a empresa é impedida de negociar suas ações nas bolsas americanas.

A confusão aconteceu porque olharam os Risk Factors do 20-F e entenderam que se tratava de uma situação que representa a realidade da Cosan quando na verdade é apenas um dos fatores de risco do negócio que vimos mais acima. Vamos colocar o fator que se referiram pra facilitar a visualização.

Como encontrar o FRE das empresas?

Se você tem dúvidas sobre como encontrar todas essas informações vou facilitar sua busca e colocar um passo a passo que serve pra todas as companhias.

Busque por “[nome da empresa] formulário de referencia” no Google, o primeiro link que aparecerá será do site RI da empresa na área de documentos.

Logo na página seguinte você terá a lista com os FREs em todos os anos, caso a empresa separe por ano, é só marcar o ano que deseja ver o FRE que ele vai aparecer.

Sempre que tiver alguma dúvida sobre como encontrar informações sobre as empresas que você analisa ou investe, dê uma checada no FRE.

Espero que tenha gostado desse artigo, não deixe de compartilhar com algum investidor que precisa saber dessas informações, nos vemos no próximo artigo, tchau!

Artigos que podem te interessar

VAROS 2024

Todos os direitos reservados