Conceitos

Sinistralidade: O que é e como calcular?

5min de leitura

Misael Guedes

Misael Guedes

Redação

O que é a sinistralidade?

As empresas comercializadoras de seguros usam esse indicador para analisar suas operações, ela é composta da razão entre custos dos serviços prestados aos clientes e os valores recebidos pelos seguros vendidos.

No caso dos planos de saúde, por exemplo, as empresas oferecem esse benefício para seus colaboradores, e é possível também verificar o índice de sinistralidade. E com isso podemos dizer que qualquer tipo de seguro pode ter esse índice consultado, o de vida, o de automóvel e todos os outros.

No artigo sobre seguros vimos que o seguro é um contrato entre duas partes, a segurada, que paga pela proteção ou ressarcimento em algum caso específico, e a seguradora, que é quem presta o serviço de restituição.

A seguradora precisa ter dinheiro suficiente para cobrir as despesas dos segurados que a acionam, já os segurados precisam manter os pagamentos dos valores acordados para os seguros em dia.

Dito isso, essa é a importância de se calcular a taxa de sinistralidade nos negócios de seguros. Com essa taxa a seguradora consegue cobrar valores que possibilitem sua operação ser lucrativa.

Já caso os custos com os sinistros estejam maiores que a receita a empresa deve rever imediatamente seus valores praticados pois isso representa um risco de insolvência para a empresa.

Como calcular a sinistralidade?

Para calcular a sinistralidade precisamos de dois valores. O prêmio recebido, ou seja, os valores correspondentes aos seguros pagos pelos segurados, e o valor dos custos com os sinistros ocorridos.

Vamos usar como exemplo uma seguradora chamada Segura Tudo, ela recebeu um total de R$10.000 de seus segurados esse mês, e teve um custo de R$6.000 com as coberturas dos sinistros acionados. Usando a fórmula abaixo podemos calcular a taxa de sinistralidade da Segura Tudo.

Sinistralidade = CS / PR

onde:

  • CS = Custos com sinistros
  • PS = Prêmio total recebido

Sinistralidade = 6.000 / 10.000

Sinistralidade = 0,6

Sinistralidade = 60%

Como avaliar a sinistralidade?

Como todo bom indicador, a taxa de sinistralidade não deve ser analisada de forma isolada, pois essa análise solitária pode gerar confusão e conclusões precipitadas.

No nosso exemplo, encontramos uma taxa de sinistralidade para a Segura Tudo de 60%, o que mostra que a cada R$1 que ela recebe de seus cliente usa R$0,60 para custear as indenizações solicitadas pelos clientes.

Logo, podemos ver que quanto menor esse indicador melhor pois quanto menor os custos maiores são as margens do negócio, o tornando mais lucrativo. Mas é importante comparar e verificar esse índice em outros períodos.

No setor de medicina hospitalar, por exemplo, a média histórica tem sido de 84%. Já no setor automotivo essa taxa é de 63% em média.

Artigos que podem te interessar

VAROS 2024

Todos os direitos reservados