Conceitos

Equivalência Patrimonial: o que é e como funciona?

8min de leitura

Misael Guedes

Misael Guedes

Redação

O que é Equivalência Patrimonial?

A equivalência patrimonial é uma medida de demonstração contábil, e está diretamente ligada à contabilidade de uma empresa.

Ela ocorre quando uma empresa compra títulos de outra empresa. Essa compra é realizada em dinheiro vivo, ou em espécie, contudo, ela pode representar mais que um valor de um cota, pode representar também uma porcentagem sobre o patrimônio da empresa em que investiu.

Como funciona?

Dando um exemplo se torna mais fácil compreender.

Suponha que uma empresa A comprou R$10.000 em ações de uma empresa B, vamos dizer que esse valor representa 10% do patrimônio da empresa B.

Na sua contabilidade a empresa A pode justificar que possui 10% do patrimônio da empresa B, ao invés de mostrar os R$10.000 em ações.

Portanto, a equivalência patrimonial busca isso, mostrar o quanto um valor investido pode representar em porcentagem sobre o patrimônio da empresa em que se investiu.

Como calcular a equivalência patrimonial?

Podemos calcular a equivalência patrimonial de três formas: Através do PL, mais valia(ou menos) e expectativas de futura renda.

Sobre o PL, foi basicamente o que falamos acima, é valor pago no investimento sobre o PL da empresa investida.

O mais valia é o que gera uma porcentagem extra na equivalência, os objetos pertencentes à empresa investida mas não contabilizados diretamente, o intangível é um exemplo de mais valia. A avaliação desses objetos se dá através de regras específicas, nesse caso, e só após essa avaliação é que a equivalência patrimonial é ou não acrescida.

Nas expectativas de renda futura o que ocorre é quando a empresa que está investindo julga que a empresa investida irá ter uma boa rentabilidade e decide pagar mais pelos títulos.

Artigos que podem te interessar

VAROS 2024

Todos os direitos reservados