Conceitos

Bookbuilding: o que é esse importante processo?

5min de leitura

Misael Guedes

Misael Guedes

Redação

O que é bookbuilding?

Quando uma empresa quer avaliar a demanda do mercado com relação aos seus ativos, saber quanto os investidores estão dispostos à pagar e quanto do seu ativo desejam, chamamos esse processo de bookbuilding.

Esse processo é muito utilizado quando as empresas vão fazer ofertas públicas, o objetivo é usar as informações coletadas no bookbuilding para montar sua oferta de ações da forma mais eficiente possível, evitando assim oferecer mais ações ou cotas que o mercado deseja ou oferecer suas cotas ou ações por preços muito abaixo ou acima do que o mercado está disposto a pagar.

Como funciona o bookbuilding?

O bookbuilding funciona como uma pesquisa de mercado, no mercado financeiro, buscando entender como o mercado está avaliando os ativos da empresa, quanto eles estão dispostos a pagar e quanto do ativo estão dispostos a comprar.

Assim a empresa pode usar essas informações para projetar o valor que cobrarão pelas ações ou cotas e quantas irão ofertar.

O preço fica mais próximo ao teto ou preço alvo à medida que a demanda sobe. E caso aconteça da demanda superar a oferta(ou seja, mais compradores que ações disponíveis) o processo de rateio é realizado, que nada mais é que os investidores terem de comprar menos ações ou cotas que haviam solicitado.

O bookbuilding ocorre tanto na renda variável quanto na renda fixa. E também pode ser utilizado tanto na oferta primária quanto na secundária.

Os ativos são os mais variados: Ações cotas de fundos, debêntures, certificados de recebíveis imobiliários ou notas promissórias.

Qual o objetivo do bookbuilding?

Uma empresa nova no mercado, ou ainda que tenha alguns bons anos de funcionamento mas com seu capital fechado, que deseja abrir seu capital, vai aparentar ter mais risco que uma empresa de capital aberto já consolidada.

Portanto precisa ter a atenção dos investidores e precisa achar o ponto de equilíbrio para realizar a abertura de seu capital com sucesso.

Exemplo de bookbuilding

A empresa VAROS decidiu fazer a abertura de seu capital, antes de realizar a oferta ela monta um bookbuilding para ver como está a expectativa dos investidores e também atraí-los para sua oferta.

O valor por ação que o coordenador estipula para as ações deles é na faixa de R$20,00 a R$25,00, a partir daí os investidores mostram interesse ou não nas ações da empresa.

Caso a oferta seja bem sucedida o processo de abertura do capital segue em frente normalmente dentro desses valores.

Caso não, no caso dos investidores não terem tanto interesse nas ações nesse valor, a empresa pode baixar o valor para atrair mais investidores e alcançar o desejado. Por outro lado, se a demanda superar a quantidade de ações, a empresa pode anunciar o rateio das ações.

Como ocorre?

Antigamente o processo era feito de forma manual, o que aumentava e muito o tempo para o processo ser finalizado, com a evolução da tecnologia, o processo se modernizou agora pode ser feito de maneira 100% eletrônica, pela internet. Hoje o processo contém os seguintes passos:

  • São definidos os investidores institucionais que participarão da oferta;
  • A empresa realiza palestras ou eventos para a realização da apresentação da oferta.
  • Com a oferta em mãos os investidores podem declarar interesse ou não nas ações da empresa;
  • Após isso é definido a faixa de preço da oferta, com preço máximo, conhecido como preço-teto e o preço mínimo, conhecido como preço-piso;
  • Verificação de quantas ações e o preço desejado com os possíveis interessados;
  • Por fim, a empresa monta um livro de ofertas com o preço justo.

Artigos que podem te interessar

VAROS 2024

Todos os direitos reservados